Editorial – O ponto de situação

 

Este é o nosso primeiro editorial e com ele marcamos a primeira etapa da vida deste novo projecto. Lançámos a página oficialmente há cerca de três semanas e a resposta foi bastante positiva. Quão positiva?

Do dia 15 de Maio (quinta-feira) ao dia 22 (quarta-feira), tivemos uma média de 202 visualizações e 41 visitantes diários. No dia 20, quando publicámos a nossa pequena reportagem do II Cruzeiro Religioso, tivemos 544 visualizações e 80 visitantes únicos – até agora o nosso recorde num só dia. Actualmente vamos com cerca de 2.300 visualizações e cerca de 370 visitantes não só em Portugal, como também em vários países da Europa.

Juntamente com o feedback positivo que temos vindo a recolher, estes números são a prova de um óptimo começo e mostram que, apesar de dirigido a uma comunidade relativamente pequena, existe, de facto, espaço e interesse.

E é bom que assim seja. A internet e as novas tecnologias não são só dos jovens – por alguma razão damos aulas de iniciação à informática no Centro TIC. O que interessa é a atitude e a vontade de aprender, e mesmo hoje temos ainda bons exemplos de pessoas que aprenderam e que se acostumaram a usar este novo mundo para abrir outras portas.

Quem pensa que uma página de internet da freguesia é só para os novos, engana-se. Esta é uma página para todos. Novos, velhos, para os que cá vivem, para os que saíram da terra ou emigraram, para os interessados na nossa cultura (avieira e não só), interessados na História marcada pelos romanos e árabes e fenícios que por cá passaram, interessados na arte poética de um dos famosos poetas da literatura portuguesa, interessados nos nossos costumes e tradições e em tantas outras coisas que temos para mostrar. Estas são as pedras basilares onde assentamos, tijolo a tijolo, o nosso pequeno projecto de jornalismo de proximidade e investigação histórica.

O ponto de interrogação reside agora no futuro. Cabe-nos aproveitar este empurrão inicial e continuar a trabalhar no sentido de construir uma página útil e interessante a todos os que nos visitam. E se são muitas as ideias em cima da mesa, é também verdade que nem sempre o tempo está do nosso lado. Mas persistiremos e tentaremos desenvolver-nos o melhor que soubermos e pudermos.

A reportagem do II Cruzeiro Religioso foi um grande sucesso e gostaríamos de perseguir essa linha de trabalhos. Está provado que há público para eles, e que existe quem se interesse pelo que cá se faz. Infelizmente a equipa ainda é pequena, mas tudo faremos para ver esse interesse correspondido, e será essa a nossa missão enquanto por cá andarmos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s